Grupo 3 da Copinha reúne nomes "diferentes" - Cidade Clube - O Clube do Esporte

Últimas

Cidade Clube - O Clube do Esporte

O Clube do Esporte

03/01/2017

Grupo 3 da Copinha reúne nomes "diferentes"

Esteferson - Foto: Divulgação
A 48ª Copa São Paulo deve manter a tradição em relação as famosas cãimbras e nomes exóticos que só uma competição com 119 times espalhados pelo Brasil e um do Haiti podem reunir. 

O grupo 3 da competição com sede no estádio Anísio Haddad começa com uma lista grande de nomes um pouco diferentes para o nosso vocabulário. O time do Alecrim do Rio Grande do Norte chegou no domingo na cidade, mas o hotel estava reservado apenas para a segunda feira, foi quando deram a sorte de encontrar o presidente do América, Luiz Donizete Prieto que ofereceu o alojamento do clube para a equipe potiguar. "Amizade no futebol sempre é importante, eles prometeram preferência de compra no jogador que se destacar na competiçao", comentou Prieto para o Cidade Clube. Mas é na equipe com sede em Natal que jogam Emerson Tiago Sousa, o Pichiliu, Evandro da Silva Santos, o Vaqueiro.

A equipe do Sergipe, primeira adversária do Rio Preto conta com o jogador com apelido de Biro Biro, um apelido até normal no futebol, mas o seu nome verdadeiro é algo diferente, Pauliciano Oliveira de Jesus. 

O Rio Preto, dono da casa, também merece seu destaque. Começando pelo mordomo, o Esteferson Miranda, e o ataque conta com Raylam dos Santos.

A competição na cidade tem início com o confronto Rio Preto x Sergipe, às 19 horas, no estádio Anísio Haddad.

Wesley Campofredo