Rio Preto perde para São José no Anísio Haddad - Cidade Clube - O Clube do Esporte

Últimas

Cidade Clube - O Clube do Esporte

O Clube do Esporte

27/03/2014

Rio Preto perde para São José no Anísio Haddad

O Rio Preto perdeu a invencibilidade em casa ao cair frente ao São José por 1 a 0, ontem à noite, no estádio Anísio Haddad, pela 15ª rodada do Paulista da Série A-3. O Jacaré segue líder, com 30 pontos, mas foi alcançado na pontuação pelo time do Vale do Paraíba. Leva vantagem no critério de desempate, com uma vitória a mais. 

O primeiro tempo foi de bom domínio esmeraldino, mas poucas chances reais de gol. O time do Vale pouco pressionou também. Aos 23 minutos, em falta cobrada por Leandro Tanaka, o goleiro Tom deu rebote e os esmeraldinos reclamaram pênalti em Vinícius Golas, que corria para finalizar e foi empurrado pelo zagueiro.

Cléo Silva teve outras duas chances. Na primeira, da entrada da área, errou o chute e a bola saiu sobre a meta. Depois, aos 39 minutos, arrancou da direita e bateu forte cruzado para defesa de Tom. O domínio seguiu, mas o empate parecia que agradava o visitante. No início da etapa final, um balde de água fria nos 470 torcedores que foram ao Riopretão. Gregori pegou sobra de bola na entrada da grande área, limpou a marcação e bateu seco no canto direito de Washington, que nada pode fazer, 1 a 0.

Eder Baiano tentou responder no minuto seguinte, escorando de cabeça o escanteio de Tanaka da direita. Mas o São José foi quem deu outras duas decidas perigosas e fez a torcida reclamar e pedir mudanças. Aos 16 minutos, Ito Roque sacou Leandro Tanaka e colocou o atacante Nonato. Depois, tentou dar mais criatividade com Carlos Henrique na vaga de Victor Palito. O jovem Rafael, de 17 anos, também fez sua estreia como profissional, substituindo Dieguinho. 

Depois de uma leve melhora, foi de Carlos Henrique as duas melhores chances de empate. Lucas Néwiton fez a jogada pela direita e serviu na medida para o armador, que não soube arrematar. Aos 45 minutos, na falha da defesa, Nonato bateu cruzado para trás, Cléo deixou e Carlos Henrique bateu em cima do goleiro Tom. 

Ficha técnica:

Rio Preto - 0 
Washington; Lucas Néwiton, Eder Baiano, Diego Pedroso e Lucas Martins; Nildo, Rafael Rueda, Leandro Tanaka (Nonato) e Victor Palito (Carlos Henrique); Cléo Silva e Dieguinho (Rafael). Técnico: Ito Roque. 

São José - 1 
Tom; Viola, Pablo Ricardo, Gustavo (Bruno Leandro) e Jonatas (Nuno); Gregori, João Vitor, Lucas Santos e Luís Guilherme; Fábio Leite e Danilo Martins (Cris). Técnico: Rafael Guanaes. 

Gol: Gregori aos 4 minutos do 2º tempo. Árbitro: Jander André Bandeira. Renda: R$ 6.120,00. Público: 470 pagantes. Local: estádio Anísio Haddad, em Rio Preto, na noite de ontem. 

Ozair Júnior - Diário da Região